29 de abril de 2013

Hua Mulan



Quem gosta de histórias de heróis e batalhas, com uma leve pitada de romance, vai adorar conhecer a história de Mulan, a verdadeira delas. Apesar de ainda ser uma incógnita se a heróina do exército chinês, Mulan realmente existiu, todos adoram contar e recontar sua história.


Hua Mulan é um filme que conta como aconteceu realmente, a história de Mulan e como ao substituir seu pai doente no exército chinês, ela terminou sendo a salvação de seu país, mesmo que indiretamente. A todos, incluindo a mim mesma, que assistiram ao desenho "Mulan" produzido pela Disney, temo dizer que as coisas foram um pouco diferentes da versão contada no desenho.

Após o chamado para se juntar ao exército chinês, Mulan troca de lugar com seu pai, uma vez que o mesmo está doente e provavalmente morreria em batalha. Mesmo sendo uma garota, Mulan sempre se interessou por atividades que o povo chinês da época classificava como masculinas, porém foi por causa disso que ela sabia que não teria problemas em fingir ser homem e ir para a guerra.

Com a ajuda de Fei Xiaohu, seu amigo de infância, Mulan se sai muito bem durante as preparações para a primeira batalha junto ao exército e seu disfarce não é descoberto. Já em batalha, Mulan une forças ao então desconhecido, Wentai, e juntos eles se tornam a maior arma da China contra o exército Rouran. E essa união resulta na vitória do exército chinês em diversas das batalhas entre os dois lados.

Depois de tantas batalhas vencidas, Mulan e Wentai recebem o reconhecimento de seus superiores, que os elevam na hierarquia, passando então respectivamente a serem Sub Comandante e Comandante do exército chinês. Contudo, enquanto a China comemorava suas vitórias, o exército Rouran, que a cada batalha representava uma das tribos de todo o clã, sofreu uma grande mudança, uma vez que o antigo líder principal, chamado de Danyu, foi morto por seu próprio filho, Modu, que agora pretende liderar todos os clãs de Rouran.

Modu quer a todo custo atrapalhar as seqüências de vitórias de Mulan e Wentai, e ele consegue e ainda por cima fere gravemente Wentai, que finge sua morte para que Mulan supere os sentimentos que tem por ele e consiga derrotar de vez seu principal inimigo, Modu. No entanto, doze anos de guerra se passam e Mulan não vê a hora que possa retornar para casa e ter notícias de seu pai, Wentai agora ressurge e ajuda Mulan mesmo que indiretamente.


Afinal, sem contar com o apoio do comandante supremo, e quase sem nenhum soldado, pois muitos acabam tão feridos que não têm condições de retornar ao campo de batalha, Mulan chega a pensar em desistir, mas Wentai revela ser um dos princípes da China, e se entrega à Modu. Mulan então, conta com a ajuda da princesa de Rouran, e assim finalmente mata o único problema que falta para haver paz entre ambos os lados, Modu.

Mulan retorna como um herói, na verdade uma heroína, e o próprio imperador da China queria que ela continuasse liderando o exército chinês, mesmo sendo uma mulher. Porém, ela só pensa em voltar para casa e cuidar de seu pai que continua muito doente e assim esquecer o princípe Wentai que se casa com a princesa de Rouran, ainda que continue sempre amando Mulan.

0 comentários:

Postar um comentário