14 de abril de 2013

Rebound


Estou muito animada em trazer essa dica de dorama para vocês, pois é o primeiro dorama japonês que indico. Com um tema bem atual, que é a obesidade e a luta de muitas pessoas em serem aceitas por seu peso ou ainda o preconceito da sociedade com as pessoas obesas, Rebound consegue ganhar muita atenção por inserir comédia e romance em um tema tão sério como este.

Ooba Nobuko é uma mulher que até a adolescência sempre foi indiferente ao fato de ser obesa, fato esse, ocasionado por vir de uma família com um restaurante de tonkatsu em Gifu. Porém, após ser rejeitada por seu namorado da época de faculdade, Kazami Kensaku, Nobuko busca através de dietas e tratamentos totalmente loucos atingir um peso que seja aceitável para a sociedade e assim a faça realizar um de seus sonhos que é o de trabalhar em uma revista de moda.

Assim como ela, Imai Taichi depois de tantos anos lidando com o bullying de seus colegas de classe por ele ser obeso, e a após a morte de seus pais ele acabou ficando magro por não ter vontade de comer. Taichi seguindo o legado de seu pai se tornou patissier, mas como evitar comer o que se prepara em um ambiente repleto de doces?

Ambos com a ajuda do Dr. Kamiya, fazem de tudo para não engordarem, ficam horas em uma sauna portátil, correm indeterminadamente em esteiras ou ainda tomam remédios que nem são autorizados no Japão. Tudo para não voltarem a ser gordos e o que é mais contraditório neles, é que apesar de serem naturalmente obesos, não se imaginam namorando uma pessoa obesa.

Ao precisar fazer uma matéria sobre a inauguração da nova confeitaria de Taichi, Nobuko leva consigo sua melhor amiga Hitomi para provar os doces em seu lugar. Primeiro, porque ela no passado, havia experimentado um bolo feito pelo pai de Taichi, o que a fez muito feliz na época e segundo, porque agora se ela provar algum doce, o selo de seu inconsciente que evita que ela devore tudo que estiver em sua frente poderá ser quebrado.

Mesmo contra as recomendações de seu médico ela prova um pedaço de um dos bolos feitos por Taichi e ao perceber que o sabor não chega nem perto do feito por seu pai, Nobuko escreve um artigo que acaba prejudicando muito o sucesso da confeitaria de Taichi, sem contar que o deixa muito irritado, pelos comentários que ela faz.

Depois disso, ela como desculpa resolve ajudá-lo a fazer bolos que façam tocar o sino da felicidade em sua cabeça, o que significa que estão no mesmo nível que o do pai de Taichi. Todo esse processo de ajuda faz com que os dois se aproximem, porém após comer tantos bolos ela começa a se esconder dele para que o mesmo não descubra que ela é gorda e isso faz com que ele tenha que experimentá-los, o que acaba fazendo com que ele engorde e não queira aparecer para Nobuko, com medo de que ela o rejeite.

Os atores dessa história incrível são:

Aibu Saki como Ooba Nobuko e Hayami Mokomichi como Imai Taichi:

É muito interessante ver como eles, mesmo tendo um passado/presente como pessoas obesas não se permitem relacionar com pessoas obesas, mas se o amor deles fosse mesmo verdadeiro isso seria apenas um fácil obstáculo a ser transpassado.

Kuriyama Chiaki como Hitomi e Katsuji Ryo como Kazami Kensaku:

O ex-namorado da Nobuko é um sarro, consultando sobre tudo naquele tablet, e dizendo que prefere ela gordinha apenas para provocar Taichi, afinal ele terminou com Nobuko por vergonha de andar junto à ela pelas ruas. Hitomi, é a amiga compreensiva de Nobuko que por um breve momento não tinha certeza sobre seus sentimentos por Taichi, o que causa um grande alvoroço.

Essas partes de fluxo de consciência entre a Nobuko e seus eus antigos de 6, 10, 15 e 17 anos e as que ela ficava irritada e começava a desabafar com o anjinho da loja do Taichi eram muito legais.

Espero que vocês tenham gostado dessa sugestão de dorama japonês. Rebound é um dos meus favoritos, caso vocês queiram ver aquele seu dorama favorito com um post por aqui, deixem suas sugestões abaixo. Uma boa semana a todos e até mais.

0 comentários:

Postar um comentário